Mercado Ameyoko em Chyoda, Tóquio.




Quando comecei a preparar esta viagem ao Japão, uma das coisas que fui pesquisar à net foi a oferta de mercados de rua em Tóquio. Descobri que existem imenso mercados de artigos de segunda mão nos arredores do centro e muito poucos mercados de rua. Entre estes, o mais conhecido é o mercado de Ameyoko, no bairro de Chyoda, bem perto do Parque Ueno. A palavra Ameyoko resulta da combinação de "Ameia" (rebuçados) e "Yoko" (ruela). Ou seja, beco dos rebuçados. Em tempos que já lá vão,  no Pós Segunda guerra mundial, existiu aqui um mercado negro de cigarros, licores e chocolates. Hoje em dia, o mercado vende uma grande misturada de artigos. Podemos ver bancas de peixe fresco lado a lado com bancas de roupa, calçado, pickles, frutas, filmes pornográficos, tudo a bons preços e anunciado em alto e bom som pelos berros de alguns dos vendedores. É curioso ver a forma como os japoneses aproveitam cada milímetro de espaço. Uma boa parte das lojas de roupa e calçado ocupam o espaço das arcadas dos carris de uma linha de comboio.

Foto retirada do site http://www.zonjineko.com que bem merece várias visitas

Para mim, a melhor parte da visita a este mercado foi descobrir várias bancas que vendiam espetadas de fruta a 100 yenes (1 euro): melão, melancia, meloa e ananás. Já andava a ressacar fruta porque uma vez que os japoneses importam quase toda a fruta que consomem, na maior parte das lojas comercializa-a a preços quase pornográficos. E a maior parte dos restaurantes não tem por hábito servir fruta à sobremesa. A espetada de meloa que comi neste mercado era para lá de boa e só por isso já valeu a pena ter vindo a este mercado.